A Moxabustão é um dos recursos mais eficazes da Medicina Chinesa. É também chamada de ‘acupuntura térmica’, onde usamos o calor, junto com ervas medicinais (sendo a Artemísia Vulgaris, a principal delas) em pontos de acupuntura, centros energéticos do corpo e áreas musculares.

Assim como na acupuntura, a Moxabustão é uma técnica que visa alcançar o equilíbrio corporal, promovendo a livre circulação da energia vital Qi através da desobstrução dos canais energéticos, chamados de meridianos.

É amplamente usada na medicina interna com o objetivo de fortalecer os órgãos, promover a adequada circulação e desobstrução, bem como nas doenças de frio e dores provenientes de fatores patogênicos externos, como vento, frio e umidade.

Técnica de extrema eficiência para incrementar a energia de órgãos como o rim e o baço, que são os principais responsáveis pela força de nossa energia vital.

Seu uso começou há cerca de cinco mil anos, em estações e terras muito frias, para promover a circulação e saúde do corpo, bem como a cura de diversas artralgias por estoque de frio e umidade nas articulações.

O termo, significa “longo tempo de aplicação do fogo”. A Moxabustão é indicada para tratamento de diversas doenças e condições de saúde. Veja as principais:

  • Infertilidade e impotência;
  • Incontinência urinária;
  • Doenças crônicas de pele;
  • Enxaqueca;
  • Paralisia facial;
  • Dores musculares e crônicas;
  • Relaxamento físico e mental;
  • Estresse e ansiedade;
  • Depressão;
  • Compulsão alimentar;
  • Insônia;
  • Asma e bronquite;
  • Problemas digestivos;
  • Dores nas costas e joelhos;
  • Resfriado e sinusite;
  • Cólicas menstruais.

A moxa, além de tudo, promove uma limpeza e elevação de nosso campo energético

Outras Terapias da Medicina Integrativa:

Aldeia é um ecossistema sem aparência e forma,
e seu verdadeiro lugar é dentro de cada um de nós.