A cromoterapia tem por finalidade harmonizar o corpo físico e sutil através das cores, e está relacionada com as sete cores do espectro solar. A Cromoterapia nasceu no Egito antigo, e atualmente ressurge como uma Medicina Energética.

Heliópolis, a cidade grega do Sol, era uma verdadeira cidade de cura pela Luz. Fundada por Heródoto, pai da Helioterapia, foi concebida com inúmeros templos de cura onde se praticava a terapia solar através dos seus componentes espectrais (cores) para tratar doenças físicas, mentais e emocionais. Civilizações antigas, como a Egípcia, Grega, Indiana, Chinesa, dentre outras, fizeram o uso das cores para tratar da saúde.

É importante salientar que a Cromoterapia é uma das terapias alternativas ou complementares que foram reconhecidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em 1976, de acordo com a Conferência Internacional de Atendimentos Primários em Saúde de 1962.

Os chakras funcionam como condutores de energia emocional e espiritual. Eles absorvem energia vital nutritiva e sutil da luz solar. Qualquer coisa que cause um bloqueio ou perturbação no fluxo de energia sutil, através de um ou mais chakras, podem levar ao surgimento de doenças no corpo.

APLICAÇÃO

Durante a aplicação da Cromoterapia, projeta-se as cores sobre os órgãos do corpo físico e sobre os corpos sutis.

A cama de cristal é uma modalidade terapêutica que usa uma série de cristais de quartzo, especialmente lapidados e iluminados por lâmpadas coloridas nas cores específicas que harmonizam cada centro energético e penetram profundamente em cada chakra.

Os chakras são centros energéticos responsáveis por fazer a energia espiralar através do nosso sistema energético e de meridianos. Luz e cor brilham através de cada cristal em padrões alternados, ampliando a energia vital em espirais.

Os chakras absorvem e irradiam força vital num movimento giratório para manter os corpos físicos e sutis em equilíbrio.

A estrutura extremamente organizada dos cristais de quartzo produz os efeitos terapêuticos que são resultado da vibração dos mesmos, que ressoam como água nos nossos tecidos e células. A água estruturada tem uma tensão superficial mais elevada e propriedades de ligação, trata-se do estado puro da água em nossos tecidos celulares saudáveis. As células doentes contém água desestruturada. Os padrões vibracionais amplificados pela cromoterapia com cristais se manifestam como padrões cada vez mais elevados de ordem, harmonia e percepção.

A COR E SUA APLICAÇÃO
Ponto de partida para montarmos um tratamento:

  • AZUL: ponto de partida para todo processo regenerativo
  • VERDE: em processos inflamatórios e infecciosos
  • AMARELO: nos casos de fortalecimento da matéria
  • ROSA: ativador da corrente sanguínea
  • LILÁS: cauterizador de infecções
  • LARANJA: energia densa na estrutura óssea e no traumatismo muscular
  • ÍNDIGO: coagulante na corrente sanguínea.

Quando se aplica a luz colorida da lâmpada, busca-se refazer, não só os processos fotoquímicos, mas sobretudo as condições energéticas da área afetada, capazes de promover sua restauração celular.

Outras Terapias da Medicina Integrativa:

Aldeia é um ecossistema sem aparência e forma,
e seu verdadeiro lugar é dentro de cada um de nós.