Skip to main content

A cultura do escalda pés é uma prática milenar, um ritual para purificar e conectar o corpo e a alma.

Através dos pés liberamos energias densas, toxinas e direcionamos o fluxo energético para baixo, a fim de acalmar e refrescar a mente e as emoções.

Para a Medicina Chinesa há um desequilíbrio comum do corpo que chamamos de ‘água baixa e fogo alto’. O coração (elemento fogo) abriga a mente, por isso tratamos de ansiedade – agitação, inquietação mental, estados de desequilíbrio do sono, dor de cabeça por excesso de yang e angústia –, cuidando da energia do coração.

Colocar a extremidade inferior do corpo aquecida é tonificar nosso elemento água, nosso rim e, ao mesmo tempo, reduzir o excesso de energia do nosso coração.

Prática calmante, de limpeza energética e desintoxicante de químicos do corpo. Mente, corpo e alma agradecem! 

Receita Calmante

Aquecer a água (deixar bem quente) e colocar em uma bacia mais funda, que receba seus pés até o terço inferior da canela. Adicionar flores de calêndula, flores de camomila e seis gotas de óleo essencial de lavanda. Acrescentar, se necessário, um pouco de água fresca para regular a temperatura até ficar confortável para a pele.

Receita Revigorante

Aquecer a água com canela em pau, colocar na bacia e acrescentar uma rama de alecrim desfolhado com seis gotas de óleo essencial de rosas.

Tempo terapêutico: 15 minutos.

Aproveite para fechar os olhos, respirar profundamente e descansar os pensamentos.

Após retirar os pés da água e secá-los, faça uma massagem com óleo vegetal espalhando o óleo por toda a planta dos pés, sentindo onde você deve pressionar um pouco mais. Todos os órgãos e áreas do corpo estão espelhados aí. Faça a sua reflexologia intuitiva. Você sabe tudo sobre você. Ou quase tudo. 😉

Paula Gribel

Paula Gribel

Co-fundadora da Aldeia e especialista em Medicina Integrativa e Sistêmica, há 21 anos desenvolve um trabalho que interliga técnicas em prol do equilíbrio nutricional, físico, emocional e energético, já tendo realizado mais de 30 mil atendimentos em seu consultório.

Deixe uma resposta